BOM LUGAR: promotoria apura suposto envolvimento de prefeita em invasão de terras

A 2ª Promotoria de Justiça de Bacabal está apurando o suposto envolvimento da prefeita de Bom Lugar, Marlene Miranda, em uma invasão de terras na cidade.

Segundo informações divulgadas pelo Ministério Público, uma denúncia apresentada pelo “Coletivo de Mulheres Luzia’s”, onde as idosas Sebastiana Clara Pinto e Reis e Ana Luiza Pinto e Reis relatam que foram vítimas de uma suposta ocorrência de violência policial, ato de improbidade administrativa e falsidade de documento.

Elas alegam que tiveram suas terras invadidas por Manoel Serafim e Paula Dayane de Jesus Lopes, supostamente a mando da prefeita de Bom Lugar, Marlene Miranda, que seriam os seus “laranjas”.

As idosas dizem ainda um dos invasores apresentou documento falso perante a Justiça.

Diante dos fatos apresentados, a promotora Klycia Menezes abriu um Procedimento Administrativo para apurar o caso e promover diligências para verificar se há o envolvimento da prefeita de Bom Lugar na invasão.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades