Inquérito apura movimentação financeira suspeita entre Prefeitura de Miranda e gráfica de Pedreiras

A Prefeitura de Miranda do Norte, administrada por Angélica Bonfim, está no bojo de um inquérito criminal por movimentação financeira suspeita envolvendo a Gráfica Imprimir, localizada em Pedreiras.

A investigação foi aberta pelo titular da Promotoria de Itapecuru-Mirim, Luis Samarone Batalha Carvalho, , com atribuição de Defesa do Patrimônio Público e Probidade.

Segundo informações divulgadas, os indícios de irregularidades que envolvem a gestão de Angélica Bonfim e a empresa pedreirense, que tem como proprietária Vanessa Curvina Chaves Freitas, vem sendo alvo do Minsitério Público desde 2021, quando foi instaurada uma apuração preliminar.

De lá para cá, foram anexadas provas que revelaram a gravidade do caso e, por isso, houve a necessidade do aprofundamento dos fatos.

A V C Chaves Freitas LTDA, conhecida como Gráfica Imprimir, tem fortes suspeitas de ser uma empresa de fachada, que detém contratos em diversas Prefeituras do Maranhão.

O Procedimento Investigatório Criminal tem 90 dias para ser concluído.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades