Inquérito investiga grupo de policiais por sortear munições da PM em Imperatriz

Um grupo de policiais militares está sob investigação por sortear munições que seriam da oriundas da própria Corporação.

O caso está tramitando na 7ª Promotoria de Justiça Criminal de Imperatriz, sob o comando de Palona Ribeiro Reis.

Segundo informações, os PMs estariam promovendo rifas que tem como prêmios munições da própria Polícia Militar, o que caracteriza, em tese, ato de improbidade administrativa.

Devido aos fatos, a promotora instaurou inquérito civil com objetivo de coletar de informações, depoimentos, certidões e realizar demais diligências para a obtenção dos esclarecimentos necessários à apuração de possível prática de ato ímprobo contra os policiais militares.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades