Eleições 2024: Pré-candidato a prefeito de Codó Arlindo Salazar adere a modalidade “Vaquinha Virtual”

Já começou o período em que pré-candidatos podem realizar as chamadas “vaquinhas virtuais”, modalidade utilizada para viabilizar as campanhas à prefeito ou vereador. O pré-candidato a prefeito de Codó, Arlindo Salazar, já aderiu e defende a modalidade, que é permitida por meio de empresas de financiamento coletivo, mas é preciso seguir as regras.

“Aqui em Codó, as campanhas eleitorais são muito caras, temos campanhas milionárias. O resultado é que isso não sai de graça, quanto mais cara a campanha, mais corrupção teremos. Ninguém joga dinheiro fora. Acredito que a mudança começa na participação do cidadão, apoiando e ajudando o candidato que ele acredita. Sei que é novidade pra Codó, mas tudo é um processo. Queremos a participação popular, antes e durante nosso futuro mandato”, explicou Arlindo Salazar

https://www.queroapoiar.com.br/arlindosalazar

A chamada Vaquinha virtual para apoiar candidaturas existe e é permitida. É possível receber esse apoio, sim, desde que pré-candidatas, pré-candidatos e partidos políticos cumpram as diretrizes da Justiça Eleitoral.

Segundo a Justiça Eleitoral, o financiamento coletivo para arrecadar recursos para campanhas eleitorais é permitido, desde que realizado por empresas que prestem esse serviço e estejam previamente cadastradas e habilitadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A modalidade ocorre desde 2018, após a reforma eleitoral do ano anterior.

Entenda mais sobre a Vaquinha Virtual

A data permitida para arrecadação de recursos na forma de financiamento coletivo é a partir de 15 de maio, desde que observadas a vedação a pedido de voto e as regras relativas à propaganda eleitoral na internet. Todas as empresas de financiamento coletivo que vão arrecadar esses recursos, seja por meio de páginas de internet, aplicativos eletrônicos ou outros recursos similares, devem se cadastrar em um espaço específico no Portal do TSE.

Outro ponto é que, se o pré-candidato não concretizar sua candidatura no período de campanha deste ano, o dinheiro deve ser devolvido. Pré-candidatos e pré-candidatas podem divulgar a vaquinha virtual, como as pessoas podem doar, mas sem pedir votos.

Na página sobre o Financiamento Coletivo, também é possível encontrar todas as regras e verificar quais entidades estão com o pedido deferido, ou seja, estão registradas para essa arrecadação.

https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2024/Maio/se-liga-pode-fazer-vaquinha-virtual-para-apoiar-candidaturas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades